sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Tô fora

Rango de ecofascista
Não há limites para o ridículo quando o objetivo é impulsionar a derrocada civilizacional por meio da estratégia "verde".
O professor Arnold van Huis, da Universidade Wageningen, Holanda, e seu colega Dennis Oonincx, promovem a idéia de comer insetos para salvar o planeta, no contexto de um plano promovido pela FAO.

Quiche de minhoca ou larva de besouro, rolinho primavera de grilo e outros pratos feitos com insetos nauseabundos estão no cerne de uma "dieta saudável, barata e ecológica", cujo estudo foi encomendado pelo órgão da ONU contra a fome.


 Leia o texto na íntegra clicando aqui. 

10 comentários:

Rogério disse...

"dieta saudável, BARATA e ecológica". Principalmente barata, muita barata...

flávia disse...

kkkkkkkkkkkkkkk, boa, Roger.

Anônimo disse...

pode ser uma alternativa interessante, não mais nojento que comer carne boniva, ou galinaceos entupidos e hormômios ... alias, em várias culturas, mesmo neste tempo, se come insetos, ao contrário do que diz não é uma proposta 'ecofacista' para salvar o mundo ...

flávia disse...

Adooooooooro um bife sangrento no meu prato e não vejo nada de nojento nisso. Somos animais carnívoros!
E estas "várias culturas" que comem insetos com certeza não são padrões de desenvolvimento e higiene por aí... pelo jeito faltou ler o restante do texto, anônimo.

Leandro Correia disse...

Concordo com o anônimo aí, proteínas de insetos não são piores que de carne bovina, quiçá melhores. Homens são animais onívoros; pense que você foi construída num ambiente de comedores de carne (sangrenta), outros são construídos em ambientes onde se come inseto, numa boa, boi tem muita doença também, cisticercose por exemplo, mas há inspeção na carne bovina, provavelmente teria também no caso de insetos ... Nunca experimentei insetos, mas gostaria de experimentar, pra saber como é, sei lá, vai que é bom.

ps. o link do texto na íntegra esta quebrado.

flávia disse...

Inspeção insetívora, hahahahahahaha.
Fale com alguém que já foi pra China e saberá do que estou falando.
Nâo se come inseto onde se tem carne de primeira...rs
Mas enfim, como diria o ditado popular: uns gostam dos olhos, e outros da ______.

Leandro Correia disse...

Claro, o que seria do amarelo se todos gostassem do azul ... que bom que não me baniu, hehehe ... apesar de algumas divergencias ideológicas, no quisito cinema temos alguns gostos em comum ...

Vivo por aí, xeretando blogs alheios, é bom saber o que andam dizendo por aí ... Universos paralelos.

Anônimo disse...

"com certeza não são padrões de desenvolvimento e higiene"

já visitou um frigorífico? HAhahahha

André disse...

Flávia,

você gosta de camarão?

São da classe dos crustáceos, que esta contido no Filo Artropoda, então camarão esta filogeneticamente próximo aos insetos. Se comemos camarão, porque não comer inseto?

"Ecofascista?" - Exagero rídiculo para mostrar o quanto é "cool" ser "politicamente incorreto".

flávia disse...

André: não, não como camarão - sou alérgica. E além de tudo, camarão é tão nojento quanto qualquer um destes pequenos animais. Pra é tudo igual mesmo...rs