sábado, 6 de março de 2010

In the air


Amor sem escalas

Up in the air

Jason Reitman

2009


Do mesmo diretor de "Juno", com a mesma graça mas um pouco mais de maturidade - ou sensibilidade - este é um dos mais gostosos filmes do ano.

A revista Bravo! do mês passado citou Amor sem Escalas como um filme de bons diálogos, ao lado de Casablanca e Quanto mais quente melhor. E , apesar de não chegar a ser um clássico (não acredito que chegará a ser um dia), é um filme com um roteiro muito bem escrito. Os diálogos são rápidos e deliciosos - daquele tipo que, depois que falamos besteira, pensamos: "Porquê não pensei numa resposta como essa?" ou ainda "Essa fala poderia ser minha". Real e direta.

Como alguém já disse, um filme de gente grande.

2 comentários:

World Music & Cult disse...

Um filme com um final digno de bom filme!

flávia disse...

Oh, yes!